CRCSE comemora 70 anos de existência
Compartilhar:
Por Ana Paula Machado

O dia 25 de abril é de festa para todos os profissionais da contabilidade do Brasil, mas esse ano para os profissionais sergipanos a data teve um toque especial, em 2017 o Conselho Regional de Contabilidade de Sergipe (CRCSE), está comemorando 70 anos de existência, as datas foram unidas e na última terça-feira, 25, aconteceu uma cerimônia em alusão ao momento.

A cerimônia que aconteceu no auditório do Museu da Gente Sergipana estava repleta de profissionais que fazem a contabilidade estadual, nomes importantes para a classe nacionalmente e pessoas que durante esses 70 anos fizeram e fazem parte do CRCSE.

Na programação do evento ocorreram entregas da maior comenda concedida pela entidade a Comenda José Amado Nascimento, que foi entregue na categoria de Amigo da Contabilidade ao reitor da Universidade Tiradentes (UNIT), Jouberto Uchôa de Mendonça e ao deputado Laércio Oliveira e na categoria Contabilista Modelo ao Técnico em contabilidade Jonas dos Santos em reconhecimento às ações em favor da classe contábil sergipana, além da comenda foram homenageados os ex-presidentes do CRCSE e o funcionário mais antigo do Conselho, Nilton dos Santos, selo dos Correios do aniversário de 70 anos e lançamento do livro sobre a história da entidade em Sergipe.

"O dia de hoje é de felicidade para todos que fazem o CRCSE, coube à minha gestão, no dia do profissional da Contabilidade comemorar também os 70 anos do nosso CRC, entidade construída por meio de uma história que marca Sergipe pela existência de profissionais abnegados e capacitados" comemorou a presidente do CRCSE, Angela Dantas.



CRCSE 70 anos
O Conselho Regional de Contabilidade de Sergipe foi criado com a posse do primeiro presidente, Josino Marques de Almeida, em 31 de janeiro de 1947. Ele faz parte do sistema de registro e fiscalização do exercício da profissão contábil, formado pelo Conselho Federal de Contabilidade (CFC), com sede em Brasília, e os Conselhos Regionais existentes em todos os Estados da Federação. A história do CRCSE foi construída ao longo de sete décadas por profissionais da contabilidade que doaram seu tempo e conhecimento em favor da classe contábil.

Para o vice-presidente de desenvolvimento operacional do CFC, Aécio Prado Dantas Júnior, ter sido presidente do CRCSE foi se dedicar à uma causa. "Em um momento como este entendemos que o profissional contábil faz a diferença, dediquei quatro anos ao Conselho, me orgulho disso e de ser contador, profissão que amo, abracei e vivo dela".

A presidente da Academia Sergipana de Ciências Contábeis, que já foi conselheira do CRCSE, Salete Leite ressaltou o orgulho de fazer parte dessa história. "Eu sou profissional da contabilidade, me sinto orgulhosa disso e por fazer parte durante todos os anos de profissão desse Conselho que trabalha pela classe".
De acordo com a presidente do Conselho Regional de Contabilidade do Rio de Janeiro (CRCRJ), Vitória Maria da Silva a luta de classe precisa ser mantida e a presença da mulher fortalece esse quesito.

"O bom de estar nas entidades de classe é colher amigos, como eu fiz aqui em Sergipe, que tem um Conselho fazendo um belíssimo trabalho, precisamos continuar lutando para ter mulheres no sistema contábil brasileiro. A nossa profissão é importante e imprescindível para o desenvolvimento socioeconômico do país", ressaltou a presidente.

O presidente da Câmara de Vereadores de Aracaju (CMA), vereador Josenito Vitalle falou da alegria em participar da comemoração dos 70 anos do CRCSE. "Comemorar 70 anos é uma data especial, ainda mais para uma instituição que manteve sua credibilidade durante todo este tempo. O papel da contabilidade no Brasil é muito relevante e confere transparência na gestão pública".

Segundo o reitor da Unit, Jouberto Uchôa receber a comenda foi gratificante. "É um gesto de bondade e distinção dos membros do Conselho para comigo, que tenho um passado junto à contabilidade sergipana desde o tempo em que a profissão era denominada de guarda-livros. Convivi com profissionais da mais alta qualificação, pessoas comprometidas com o sucesso das empresas, e aqui encontrei amigos que me motivaram a criar o curso de Ciências Contábeis".

A diretora do CRCSE, Ederilda Pereira, que é uma das autoras do livro "Conselho Regional de Contabilidade - 70 anos de história em Sergipe" em parceria com a presidente Angela Dantas e o jornalista Ademar Queiroz, que conta a história do CRCSE, falou da emoção em fazer parte desses 70 anos e agora poder materializar esse período.

"A presidente Angela Dantas com a sua sensibilidade de tomar real seu sonho de materializar a memória do CRCSE desde a sua fundação, confiou a mim e ao jornalista Ademar Queiroz para resgatarmos esta história. Foi gratificante conhecer a trajetória desses baluartes contadores que iniciaram o Conselho de Contabilidade que eu já faço parte há 37 anos" festejou a diretora.

Há cinco décadas fazendo parte do CRCSE, o senhor Nilton dos Santos recebeu homenagem na noite de comemorações. "Foi extremamente gratificante ser lembrado nessa data tão especial, eu que tenho 50 anos de Conselho, já passei por 17 presidentes, fiquei emocionado e honrado, o Conselho de Contabilidade de Sergipe e quem faz ele estão de parabéns".





 

NOSSO INSTAGRAM