Operadoras investiram R$ 19 bilhões no país até setembro, diz sindicato
Compartilhar:

As operadoras de serviços de comunicação ? telefonia, banda larga, TV por assinatura ? que atuam no Brasil investiram em 2014, até setembro, R$ 19 bilhões, informou nesta quarta-feira (3) o presidente-executivo do Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviço Móvel Celular e Pessoal (SindiTelebrasil), Eduardo Levy. Esse valor é 8% maior que o registrado entre janeiro e setembro de 2013 (R$ 17,6 bilhões).
De acordo com ele, o principal foco dos investimentos foi na ampliação da infraestrutura para a oferta de dados no país, ou seja, de capacidade para uso de internet fixa e no celular.
?A característica do brasileiro é gostar de mobilidade e de usar redes sociais ou outros programas [na internet]?, disse Levy. Ele apontou que a demanda por mobilidade e dados no Brasil têm crescido ?de maneira acelerada.?
Entre outubro de 2013 e o mesmo mês de 2014, o número de celulares ativos no país cresceu de 270 milhões para 279 milhões (+ 3%). No mesmo período, o total de assinantes de TV paga saltou de 18 milhões para 20 milhões (+ 13%) e, o de clientes de serviços de banda larga fixa e móvel, de 122 milhões para 179 milhões (+ 46%).
A previsão do sindicato é que, em todo o ano de 2014, o número de assinantes de TV paga cresça 12% e o de clientes de banda larga fixa e móvel chegue a 187 milhões, crescimento de 48% em relação a 2013.
A receita bruta das empresas de comunicação do país, entre setembro de 2013 e setembro de 2014, registrou alta de 4%: foi de R$ 167 bilhões para R$ 174 bilhões, informou o SindiTelebrasil.
NOSSO INSTAGRAM