Contabilistas realizam ação solidária em época de COVID-19
Compartilhar:

O Conselho Regional de Contabilidade de Sergipe (CRCSE), por meio do Programa de Voluntariado da Classe Contábil (PVCC), há alguns anos realiza companhas solidárias para arrecadação de cestas básicas, material de higiene pessoal, entre outros itens importantes para auxiliar instituições e comunidades vulneráveis.
Mesmo passando por um momento diferente, com isolamento social devido ao novo coronavírus, os contabilistas se reuniram, a distância, e arrecadaram 65 cestas básicas, 24 Kits de limpeza, 590 máscaras de proteção individual, esses últimos itens indispensáveis para prevenir contra a contaminação durante a pandemia, além de realizar cerca de 100 atendimentos via contato telefônico sobre o auxílio emergencial do Governo Federal.
“Mesmo em período de quarentena, devido ao novo coronavírus, a classe contábil sergipana permanece exercendo a cidadania. Essa campanha, cujo resultado foi muito satisfatório, está sendo de grande importância para as pessoas beneficiadas. O CRCSE, através do PVCC, agradece a todos que contribuíram em mais esse ato de amor ao próximo”, salientou o presidente do CRCSE, Vanderson Mélo.
Segundo a coordenadora estadual do PVCC, Lana Glicia Veiga, o Programa não mediu esforços para ajudar as pessoas mais necessitadas durante a pandemia.
“Diante dessa pandemia que nos afeta, a comissão do PVCC em Sergipe, não pensou duas vezes e nem mediu esforços em realizar essas campanhas em prol dos mais vulneráveis. Como dizia Chico Xavier “A caridade é um exercício espiritual. Quem pratica o bem, coloca em movimento as forças da alma”. E foi com esse pulsar de força que toda Classe contábil contribuiu com os que precisam nesse momento de muitas incertezas e dores”, ressaltou Lana.
Foram várias as entidades assistenciais que receberam as doações, entre elas o Lar Infantil Cristo Redentor, Associação de Apoio ao Adulto com Câncer de Sergipe (AAACASE), Instituto Vó Cidália Jesus o Pão da Vida, Comunidade Católica Servos e Servas da Santíssima Trindade, Centro de Integração Raio de Sol, Associação Amigos da Oncologia (AMO) e Lar Dulce.
O presidente do Instituto Vó Cidália, Jesus o Pão da Vida, Paulo Silva Santos, falou sobre a importância da união das pessoas e dos Conselhos de Classe em momentos como o atual.
“É muito importância o envolvimento dos Conselhos de Classe no socorro das entidades, através da arrecadação de doações para as pessoas que vivem em comunidades sub assistidas ou desassistidas economicamente. Assim, ganha insubstituível importância a participação da sociedade na minoração do impacto dessa crise de sobrevivência dos menos assistidos, em especial os órgãos de classe, como o CRCSE, que, somando esforços em função da já conhecida solidariedade, esta ampliada pela capacidade de sentir a dor do outro, fazendo realmente a diferença, por vezes entre a vida e a morte de muitos nessas comunidades”, parabenizou o presidente.

 

WhatsApp Image 2020-05-26 at 16.22.50 (1).jpeg

NOSSO INSTAGRAM